Clipping » Na hora de casar, conta bancária é o limite

Na hora de casar, conta bancária é o limite

Profissionais dão dicas para planejar e executar o grande sonho. Noivos devem gastar entre R$ 25 mil e R$ 35 mil

Leia também:
O ano da noiva | Ela trabalha, enquanto os outros se divertem
Por Andreza Emília, da redação AOL 

Para realizar a cerimônia e a festa de casamento, os noivos têm tanto trabalho e gastam tanto dinheiro que muitos deles, geralmente os homens, usam esse argumento para adiar a troca de alianças. Muitos preferem simplesmente juntar as escovas de dentes, como se diz popularmente e não incluem uma festa de arromba nos planos, achando que é um desperdício e que ainda corre-se o risco de não agradar os convidados. O designer Ricardo Martins acredita que uma viagem de lua-de-mel seria mais interessante para o novo casal, mas a namorada, Elisângela, faz questão do trinômio igreja-aliança-bolo. “Eu vou ceder porque, além de ela ter tido uma educação tradicional, acredito que é o sonho de toda mulher”.Já o dentista Fábio Masson e a jornalista Rafaela Garcia não abrem mão de se casar em grande estilo. “Namoramos há oito anos e vamos fazer uma comemoração com tudo o que temos direito. Muitos disseram que nossa festa de noivado já parecia de casamento. Não perdem por esperar”, brinca Rafaela. “Vamos começar a encomendar as coisas e pagar enquanto falta mais de um ano, para amortizar os custos”, conta Masson. Além disso, eles estão construindo uma casa em um condomínio fechado no interior de São Paulo.Para facilitar a vida das noivas ocupadas ou que simplesmente não têm paciência para organizar o grande dia, surgiu a figura do “marriage stylist”. A organizadora de festas Marcia Possik, da Marriages, em São Paulo, elaborou um guia completo, chamado “O ano da noiva”, com todos os detalhes que devem ser levados em consideração, e os preços médios, do noivado ao enxoval, passando pela cerimônia religiosa, os comes e bebes e a preparação par a viagem dos pombinhos. Ela listou itens que podem não acontecer em todos os casos. Basta adaptar as sugestões da especialista ao seu orçamento e desejo, e se preparar para jogar o buquê. Seguindo as dicas, a chance de achar que tudo vai dar errado no dia diminuem consideravelmente. “Quando o assunto é casar, o céu não é o limite. Quem manda nos sonhos da noiva é a conta bancária”, brinca. Os noivos precisam de orçamento entre R$ 25 mil e R$ 35 mil, em média, para a troca de alianças em uma cidade como São Paulo, segundo ela.

Fonte: http://www.aol.com.br/dinheiro/seu_futuro/fornecedores/aol/2004/08/10/0001.adp